BRASIL: MST INVADE ÁREA DO GOVERNO FEDERAL

VÍDEO: DINO APRESENTA PROJETOS DE LEI CONTROVERSOS SOBRE PUNIÇÃO A FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS

O senador Flávio Dino, prestes a tomar posse no Supremo Tribunal Federal, anunciou a apresentação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) no Senado relacionada a juízes e militares que cometem delitos graves. A proposta visa evitar que esses profissionais sejam aposentados compulsoriamente, assegurando que sejam excluídos do serviço público sem direito a remuneração ou compensação financeira. 

Dino justifica a PEC, destacando a desigualdade de tratamento em relação a outros servidores públicos que, ao cometerem crimes graves, não recebem benefícios como aposentadoria ou pensão. A iniciativa faz parte de uma série de propostas apresentadas pelo senador, buscando revisar aspectos da legislação, incluindo regras para prisão preventiva e limites em manifestações.

Os comentaristas expressam apoio à proposta, destacando a importância de eliminar privilégios e criar igualdade de tratamento para servidores públicos que cometem delitos graves. Eles argumentam que o Brasil não pode mais tolerar uma estrutura administrativa que beneficia uma pequena elite do funcionalismo público, enfatizando a necessidade de uma revisão abrangente para promover justiça social no país.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários