BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

VÍDEO: GOVERNO LULA CEDE AO CONGRESSO E ANUNCIA REVOGAÇÃO DE TRECHO DE MP CONTROVERSA

Nesta terça-feira, 27 de fevereiro de 2024, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou a revogação parcial da medida provisória que reonera a folha de pagamento de 17 setores da economia. A MP 1.202 de 2023 foi proposta pelo governo em 28 de dezembro, após o Congresso prorrogar a reoneração até 2027.

O texto enfrentou resistência no Legislativo, com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), expressando preocupação e considerando-a "estranha". Desde então, governo e Congresso têm buscado uma solução para o impasse, considerando que a equipe econômica não deseja abrir mão da arrecadação.

A revogação parcial da medida representa um avanço rumo a um consenso entre os poderes Executivo e Legislativo, buscando conciliar diferentes interesses econômicos e políticos em jogo.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários