BRASIL: MST INVADE ÁREA DO GOVERNO FEDERAL

VÍDEO: GOVERNO LULA RECUA E CEDE PARA O CENTRÃO EM PAUTA QUE ENVOLVE EMENDAS

Após uma reviravolta, o governo federal decidiu concordar com o repasse das emendas parlamentares conforme estabelecido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2024. O anúncio foi feito pelo ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT). De acordo com as informações divulgadas, aproximadamente R$ 15 bilhões serão transferidos até o dia 30 de junho. 

Essa mudança de postura representa uma quebra na resistência anterior do governo em relação às emendas parlamentares, que são verbas destinadas a projetos específicos em diversas áreas, indicados pelos próprios parlamentares. 

O acordo para o pagamento das emendas indica uma maior disposição para o diálogo e a negociação entre os Poderes Executivo e Legislativo, o que pode ter um impacto positivo na governabilidade e no avanço das agendas no Congresso Nacional.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários