BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

VÍDEO: POR QUE PEDIDOS DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DISPARARAM EM 2023

De acordo com dados divulgados pela Serasa Experian, os pedidos de acordo judicial tiveram um aumento expressivo de 68,7% em 2023, em comparação ao ano anterior, totalizando 1.400 solicitações. Este número representa o quarto maior registrado desde 2005. O aumento notável nesse tipo de demanda levanta questões sobre o cenário jurídico e econômico do país, indicando uma busca crescente por soluções conciliatórias.

Em entrevista à Jovem Pan News, o economista Fábio Astrauskas foi convidado a comentar sobre o significativo aumento nos pedidos de acordo judicial. Astrauskas ofereceu insights sobre as possíveis razões por trás desse crescimento, destacando a importância de compreender o contexto econômico e jurídico que impulsionou essa tendência. A análise do especialista contribui para uma compreensão mais aprofundada do cenário e seus impactos.

O aumento expressivo nos pedidos de acordo judicial, conforme revelado pela Serasa Experian, indica uma mudança nas abordagens para resolução de disputas legais. Esse fenômeno apresenta desafios e oportunidades tanto para o sistema judicial quanto para os indivíduos envolvidos em litígios. A entrevista com o economista destaca a importância de monitorar e compreender as nuances desse cenário dinâmico, contribuindo para a discussão mais ampla sobre o acesso à justiça e os métodos alternativos de resolução de conflitos.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários