BRASIL: STF FORMA MAIORIA PARA NOVO ENTENDIMENTO SOBRE FORO PRIVILEGIADO

BRASIL: MAGNO MALTA EXPÕE ABSURDO EM “FESTA” NO SENADO SEM SENADORES

O senador Magno Malta criticou a celebração dos 200 anos do Senado, realizada pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, sem a presença ou participação dos senadores eleitos. Em sua intervenção, Malta destacou a importância de representar o povo em um momento tão significativo e lamentou a exclusão dos legisladores da cerimônia.

Confira detalhes no vídeo:


Em seu discurso, Malta comparou a situação a um clube de futebol que celebra seu aniversário sem convidar os próprios jogadores. Ele destacou a ironia de convidar representantes de outros clubes, enquanto os próprios integrantes do clube aniversariante são excluídos, mesmo estando vivos e disponíveis para participar.

O senador enfatizou a falta de espaço para os parlamentares se pronunciarem durante a celebração dos 200 anos do Senado, lamentando a situação e ressaltando a importância histórica do momento, que foi marcado pela ausência dos protagonistas da Casa Legislativa.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários