BRASIL: AVIÃO FAZ POUSO SURPREENDENTE EM RODOVIA DE SP

VÍDEO: ANDRÉ MENDONÇA EXPÕE ABSURDO ENVOLVENDO POSSÍVEL DESCRIMINALIZAÇÃO DO PORTE DE DROGAS

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça, se posicionou contrário à descriminalização do porte de drogas para uso pessoal, fornecendo detalhes sobre a quantidade de m4conha que, segundo ele, poderia distinguir um usuário de um tr4ficante. 

Mendonça explicou que 10 gramas da substância poderiam ser transformadas em 34 cigarros, enquanto 25 gramas renderiam 86 cigarros. Apesar de defender que o porte de drogas continue sendo considerado crime, o ministro propôs uma diferenciação entre usuários e tr4ficantes, estabelecendo 10 gramas como o limite para caracterizar alguém como usuário. 

Ele recomendou que o Congresso Nacional, em um prazo de até 180 dias, estabeleça critérios objetivos para essa diferenciação. O voto de Mendonça ressalta a complexidade do debate sobre a legislação relacionada ao porte de drogas e a necessidade de parâmetros claros para sua aplicação.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários