BRASIL: AVIÃO FAZ POUSO SURPREENDENTE EM RODOVIA DE SP

VÍDEO: COMISSÃO DA CÂMARA ADIA DECISÃO SOBRE PRISÃO DE DEPUTADO

Nesta terça-feira (26), os membros da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados se reuniram para avaliar o pedido de prisão do deputado Chiquinho Brazão. O político é suspeito de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco e foi recentemente expulso do seu partido, o União Brasil.

Após uma solicitação de mais tempo para análise, o Colegiado optou por adiar a decisão sobre a prisão de Brazão por mais duas sessões. O presidente da Câmara, Arthur Lira, apoiou o processo adotado na CCJ, destacando a importância de um debate minucioso sobre um assunto tão sério.

O adiamento da decisão reflete a complexidade e a sensibilidade do caso, que envolve acusações graves e demanda uma análise cuidadosa dos fatos antes de qualquer posicionamento oficial por parte do parlamento.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários