BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

VÍDEO: GOVERNO LULA CONTRATA EMPRESA RÉ POR GARIMPO ILEGAL

O Governo Federal, através do Ministério da Saúde, assinou dois contratos em 2023, totalizando R$14,4 milhões, com uma empresa de táxi aéreo que está atualmente envolvida em controvérsias. A Piquiatuba Táxi Aéreo, com sede em Santarém, no Pará, é alvo de processos judiciais devido ao seu suposto envolvimento em garimpo ilegal de ouro em uma reserva biológica na Amazônia. 

As acusações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal afirmam que a empresa utilizou suas aeronaves para auxiliar atividades de garimpo ilegal dentro da reserva biológica Maicuru, colocando em risco comunidades de indígenas isolados.

A revelação desses contratos suscita preocupações sobre a responsabilidade do Ministério da Saúde ao estabelecer parcerias com empresas envolvidas em práticas ilegais e prejudiciais ao meio ambiente. A situação destaca a importância de uma rigorosa análise das empresas contratadas, especialmente quando se trata de atividades que impactam ecossistemas sensíveis e comunidades vulneráveis.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários