BRASIL: STF FORMA MAIORIA PARA NOVO ENTENDIMENTO SOBRE FORO PRIVILEGIADO

VÍDEO: IFOOD RESPONDE ATAQUES DO GOVERNO LULA

Durante a cerimônia de assinatura do projeto de lei que regulamenta o trabalho de motoristas de aplicativo, realizada em Brasília nesta terça-feira, o iFood se defendeu das críticas feitas por Lula e pelo ministro do Trabalho, Luiz Marinho.

Marinho acusou o iFood e o Mercado Livre de explorarem seus trabalhadores, enquanto Lula afirmou que o aplicativo se recusou a negociar uma proposta de regulamentação. Em resposta, o iFood negou ter rejeitado um acordo com o governo e afirmou ter aceitado a proposta de Marinho, que previa ganhos de R$ 17 por hora trabalhada. 

A empresa ressaltou que o governo priorizou a discussão com os motoristas menos resistentes, o que poderia impactar negativamente a operação das plataformas.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários