BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

VÍDEO: OPOSIÇÃO A LULA COMEMORA ADIAMENTO DE PORTARIA ENVOLVENDO TRABALHO AOS FERIADOS

A oposição celebra o recuo do Governo Federal, que adiou por 90 dias a portaria que regulamenta o trabalho aos domingos e feriados para o comércio. O governo se propôs a reavaliar a medida e discutir o tema por meio de um projeto de lei. Fontes indicam que um texto da Central Única dos Trabalhadores (CUT) foi encaminhado à Câmara dos Deputados, com o intuito de retomar o imposto sindical. 

Os parlamentares, embora tenham recebido o texto, planejam modificá-lo, assegurando que a contribuição seja voluntária e mediante acordo, não abrangendo toda a população. A expectativa é resolver essa questão durante o ano eleitoral de 2024.

Após intensos debates, o governo inicialmente propôs que as negociações sobre o trabalho aos domingos e feriados ocorressem em assembleia entre comerciantes e sindicatos. Contudo, com a suspensão temporária da medida, abre-se uma corrida contra o tempo para regulamentar o tema por meio de um projeto de lei, buscando equilibrar os interesses entre trabalhadores e empregadores.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários