BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

VÍDEO: PARLAMENTARES APONTAM “ILEGALIDADES” NA PRISÃO DO CAPITÃO ASSUMÇÃO POR ORDEM DE MORAES

Diversos parlamentares expressaram preocupação e indignação em relação à prisão, dentro de uma igreja, do deputado estadual Capitão Assumção, ordenada pelo ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal. Após o momento inicial, o senador Magno Malta e o deputado federal Evair Vieira de Melo analisaram os motivos apresentados na decisão do ministro e apontaram possíveis ilegalidades.

Magno Malta questionou a fragilidade dos motivos alegados, destacando os serviços prestados por Capitão Assumção ao país e ao seu estado. O senador defendeu a liberdade de expressão do deputado, amparado pelo art. 53 da Constituição Federal, que confere imunidade parlamentar. Malta denunciou o caráter político da perseguição, alegando que acusações surgem quando se é contra o sistema, especialmente em períodos eleitorais.

O senador citou experiências passadas de perseguição política e mencionou outros casos similares, como o de Ramagem e Jordy, enfatizando que Capitão Assumção, candidato a prefeito, é alvo de narrativas e ataques que não se sustentam, apontando para uma estratégia eleitoral por trás das acusações.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários