BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

VÍDEO: PROJETO CONTRA IDEOLOGIA DE GÊNERO AVANÇA NO CONGRESSO

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou nesta quarta-feira (28) um projeto de lei que proíbe o uso de banheiros em escolas públicas e privadas por pessoas cujo sexo de nascimento seja diferente do gênero da destinação do banheiro ou vestiário. 

O texto, que levanta debates sobre questões de identidade de gênero e direitos humanos, agora seguirá para análise da Comissão de Educação e, posteriormente, para a Câmara dos Deputados. Caso ao menos nove senadores solicitem, o projeto poderá ser analisado no plenário do Senado, acrescentando uma etapa ao processo legislativo.

A decisão da Comissão de Direitos Humanos gerou discussões intensas sobre as implicações dessa proposta na legislação e nos direitos humanos. O projeto levanta questões sensíveis relacionadas à inclusão e respeito à diversidade, polarizando opiniões e destacando a importância do debate em torno desses temas na sociedade e no âmbito legislativo.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários