BRASIL: AVIÃO FAZ POUSO SURPREENDENTE EM RODOVIA DE SP

VÍDEO: PT E PL DISPUTAM AS COMISSÕES DE MAIOR ORÇAMENTO NO CONGRESSO

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, está empenhado na articulação da distribuição das presidências das comissões mais cruciais da casa, começando pela altamente disputada Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), assim como a Comissão de Fiscalização Financeira e a Comissão Mista do Orçamento. Em meio às negociações, Lira deve se reunir com líderes do PL e do PT para definir a distribuição dessas comissões entre os respectivos partidos. As discussões, no entanto, encontram-se em um impasse, e a expectativa é que uma resolução seja alcançada até a próxima semana, dado o papel essencial dessas comissões no cenário político e orçamentário de Brasília.

As negociações para a distribuição das presidências das comissões na Câmara dos Deputados estão enfrentando obstáculos, com o presidente da Casa, Arthur Lira, buscando consenso entre os líderes partidários. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Comissão de Fiscalização Financeira e Comissão Mista do Orçamento são particularmente disputadas. As discussões continuam sem um denominador comum, e Lira busca alcançar um acordo até a próxima semana, reconhecendo a necessidade de avançar com o trabalho das comissões, paralisado há mais de um mês desde a abertura do ano legislativo.

A definição das presidências das comissões na Câmara dos Deputados encontra-se em um impasse, com o presidente Arthur Lira buscando conciliação entre os líderes partidários. A Comissão de Constituição e Justiça, a Comissão de Fiscalização Financeira e a Comissão Mista do Orçamento são focos centrais dessas negociações. As movimentações políticas visam garantir projeção e influência, especialmente considerando o orçamento robusto em jogo. A falta de consenso mantém as comissões da Câmara paralisadas, ressaltando a importância dessas definições para o funcionamento legislativo e político em Brasília.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários