BRASIL: CRIMINOSOS TENTAM FURTAR DOAÇÕES DESTINADAS AO RS

BRASIL: DEFESA DE MAURO CID FAZ NOVO PEDIDO AO JUDICIÁRIO

O tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro, solicitou ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a revogação de sua prisão preventiva. Cid foi detido após a divulgação de áudios nos quais ele critica o processo de sua delação premiada, conduzida pela Polícia Federal.

Confira detalhes no vídeo:


A defesa de Mauro Cid argumenta que a prisão preventiva é desnecessária e que ele está colaborando com as investigações. Os advogados afirmam que os áudios foram divulgados de forma seletiva e que não representam um risco para as investigações em andamento.


A prisão de Mauro Cid gerou polêmica e levantou questionamentos sobre a liberdade de expressão e a legalidade das delações premiadas. O caso agora está nas mãos do ministro Alexandre de Moraes, que deve decidir sobre a revogação da prisão preventiva.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.