BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

BRASIL: GOVERNO LULA QUER AMPLIAR TAXAÇÃO SOBRE REFRIGERANTE, VINHO E CERVEJA

A proposta do governo Lula de implementar um imposto seletivo, conhecido como "imposto do pecado", tem gerado debates e críticas. O imposto seria aplicado sobre produtos como cigarros, bebidas alcoólicas, bebidas açucaradas, veículos poluentes e sobre a extração de minério de ferro, petróleo e gás natural. 

Confira detalhes no vídeo:


O Ministro da Economia, Fernando Haddad, entregou ao Congresso a primeira proposta de regulamentação da reforma tributária, que aborda as regras gerais de operação dos novos tributos, como a CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) e o IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), além do imposto seletivo mencionado.

Atualmente, os produtos listados na proposta já possuem alíquotas elevadas de tributação. Por exemplo, o refrigerante possui uma carga tributária de 45%, enquanto na cachaça essa carga chega a 82%. 

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários