BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

BRASIL: IVES GANDRA CITA MINISTRO DO STF AO ALERTAR SOBRE “ÓRGÃOS DE CENSURA”

O jurista Ives Gandra Martins expressou suas preocupações sobre o controle de informações promovido pelas cortes superiores, citando exemplos históricos como a Alemanha nazista e a União Soviética sob Stálin, além de ditaduras atuais como Cuba e Venezuela. Ele destacou que, muitas vezes, o controle é justificado em nome da democracia por aqueles que detêm o poder.

Confira detalhes no vídeo:


Martins ressaltou a importância da democracia como um processo conduzido pelo povo, enfatizando a eleição de representantes e o direito do povo de expressar sua insatisfação por meio do voto. Ele alertou para o risco de limitar a liberdade de expressão, o que poderia resultar em uma redução da democracia.


Ao citar as obras do ministro Alexandre de Moraes, Martins destacou a clareza do posicionamento do próprio ministro sobre a importância de não cercear a liberdade de imprensa e de comunicação, algo que ele concordava plenamente.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários