BRASIL: CRIMINOSOS TENTAM FURTAR DOAÇÕES DESTINADAS AO RS

VÍDEO: JUÍZES IGNORAM LEI CONTRA SAIDINHA E LIBERAM PRESOS

Após a lei da saidinha ser aprovada pelo Congresso e sancionada com vetos pelo presidente Lula, juízes de São Paulo têm dispensado detentos de passarem por um exame criminológico, o que vai contra o projeto de lei aprovado. Em apoio ao benefício, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) organizou uma audiência pública, na qual ex-traficantes participaram para discutir a ressocialização de presos no Brasil.


A dispensa do exame criminológico pelos juízes tem provocado debates sobre a interpretação correta da lei da saidinha e a importância de avaliações adequadas dos detentos antes de conceder o benefício. A decisão dos magistrados também ressalta a complexidade e a delicadeza do tema da ressocialização no sistema prisional brasileiro.


A audiência pública convocada pela Alerj busca ampliar o debate sobre a ressocialização dos presos, trazendo a experiência e o testemunho de ex-detentos para a discussão, com o objetivo de encontrar soluções mais eficazes e humanas para reintegrar essas pessoas à sociedade.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários