BRASIL: CRIMINOSOS TENTAM FURTAR DOAÇÕES DESTINADAS AO RS

VÍDEO: MINISTRO DE LULA É QUESTIONADO POR MOTORISTA DE APLICATIVO SOBRE HOSTILIDADE COM UBER

O Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, causou controvérsia ao sugerir o uso do aplicativo dos Correios como alternativa ao Uber durante uma entrevista. No entanto, ao ser questionado por um motorista sobre a viabilidade dessa proposta, Marinho desconversou, afirmando que apenas "provocou" os Correios e evitou dar uma opinião concreta sobre a possibilidade de implementação da ideia. O episódio, ocorrido nesta quinta-feira (25/4), levantou dúvidas sobre a viabilidade e a adequação dessa sugestão.


A sugestão de Marinho provocou debates sobre a capacidade dos Correios de atuarem como uma alternativa ao Uber, considerando as diferenças em suas operações e estruturas. A resposta evasiva do Ministro diante das perguntas dos motoristas gerou incerteza sobre a consistência e o embasamento de sua proposta, aumentando as dúvidas sobre a viabilidade real da ideia.


A declaração inicial de Marinho e sua posterior desconversa refletem a complexidade do debate sobre novos modelos de transporte e as dificuldades em encontrar soluções que atendam às necessidades dos trabalhadores e da sociedade de forma eficaz e sustentável.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários