BRASIL: PRESIDENTE DE PARTIDO DO CENTRÃO SE ENTREGA À PF

BRASIL: MINISTRO DE LULA TENTA IMPOR REGRA CONTROVERSA EM SP CONTRA A VONTADE DE TARCÍSIO

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, provocou controvérsia ao sugerir que São Paulo adote diretrizes sobre o uso de câmeras corporais em policiais, mesmo sem o apoio do governador Tarcísio. Em declarações nesta terça-feira (28), Lewandowski afirmou ser "desejável" que o estado siga tais orientações, anunciadas pelo Ministério.

Confira detalhes no vídeo:


Essa intervenção do ministro de Lula gerou debate sobre a autonomia dos estados em questões de segurança pública e a interferência do governo federal nesses assuntos. Tarcísio expressou anteriormente sua discordância em relação a algumas medidas propostas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, destacando a importância da autonomia estadual na definição de políticas de segurança.


A posição de Lewandowski destaca as tensões entre os governos estadual e federal em relação às políticas de segurança, evidenciando a complexidade das relações intergovernamentais e a necessidade de um diálogo eficaz para abordar questões sensíveis como essa.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários