BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

VÍDEO: JUDICIÁRIO ANULA IMPORTANTE VITÓRIA DE TARCÍSIO NO PARLAMENTO

A Câmara de Vereadores de São Paulo aprovou um projeto que permite à prefeitura celebrar um novo contrato com a Sabesp após a privatização da empresa. Após a votação favorável por 37 votos a 17 em segundo turno, o prefeito Ricardo Nunes sancionou o texto em uma edição extra do Diário Oficial da Cidade. 

Antes da votação, uma audiência pública foi realizada para debater o assunto com grupos tanto favoráveis quanto contrários à proposta. Durante a sessão de aprovação, o vereador Rubinho Nunes foi interrompido diversas vezes por militantes contrários à privatização. 

No entanto, a justiça de São Paulo anulou a votação, alegando falta de debate adequado sobre o tema. A decisão judicial levantou debates sobre a competência do Judiciário para interferir em assuntos legislativos, argumentando que essa é uma questão a ser resolvida dentro do próprio Parlamento.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários