BRASIL: BANCADA EVANGÉLICA SE MOVIMENTA PARA BARRAR PROJETO CONTROVERSO DEFENDIDO PELO GOVERNO LULA

A bancada evangélica do Senado está mobilizando esforços para retardar o avanço da legalização dos jogos de azar, após o projeto ter sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na última semana. Enquanto isso, o líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT), defende a regulamentação das atividades, argumentando que isso pode aumentar a arrecadação fiscal.

Confira detalhes no vídeo:


A proposta tem gerado intensos debates no Congresso e nas redes sociais, com comentaristas do programa "Tá na Roda" destacando as diferentes perspectivas sobre o assunto. Para a bancada evangélica, a preocupação principal é com os possíveis impactos sociais e morais da legalização dos jogos de azar. 

Já os defensores do projeto, como Jaques Wagner, enfatizam os potenciais benefícios econômicos para o país, ressaltando a necessidade de uma regulamentação adequada para mitigar quaisquer efeitos adversos.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários