BRASIL: PRESIDENTE DE PARTIDO DO CENTRÃO SE ENTREGA À PF

BRASIL: CÂMARA ANALISARÁ PROJETO QUE PODE “LIVRAR” BOLSONARO

Lideranças políticas, incluindo o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, juntamente com representantes do Centrão e da bancada do Partido Liberal, estão mobilizando esforços para promover a votação de um requerimento de urgência para um projeto de lei que visa proibir delações premiadas de réus presos. 

Confira detalhes no vídeo:


Esta medida, se aprovada, pode ter implicações significativas no cenário político e jurídico nacional. O ponto central desse debate é o possível benefício que essa proibição traria ao ex-presidente Jair Bolsonaro, atualmente envolvido em questões legais devido à colaboração de seu ex-ajudante de ordens, Mauro Cid, no caso das jóias.


A discussão sobre a eficácia das delações premiadas de réus presos está em pauta, levantando questões importantes sobre o papel desse instrumento na busca pela verdade e justiça nos processos judiciais brasileiros. Enquanto alguns argumentam que essas colaborações são essenciais para desvendar crimes e punir os culpados, outros levantam preocupações sobre possíveis abusos e manipulações nesse sistema.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários