BRASIL: DEPUTADA BIA KICIS DENUNCIA “PERSEGUIÇÃO” DO GOVERNO LULA A PARLAMENTARES E JORNALISTAS

Na sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, a deputada Bia Kicis denunciou o que chamou de grave perseguição do governo Lula a parlamentares, cidadãos e jornalistas, considerando-a "francamente inconstitucional". Kicis criticou a criação de órgãos de controle como a Procuradoria Nacional da União de Defesa da Democracia, argumentando que incluir a palavra "democracia" no nome não legitima iniciativas totalitárias.

Confira detalhes no vídeo:


A deputada comparou essa prática ao uso da palavra "democrática" por repúblicas comunistas que, na prática, não eram democráticas. Ela destacou que a procuradoria, sob o pretexto de combater a desinformação sobre políticas públicas, tem sido usada para perseguir opositores políticos, ignorando a imunidade parlamentar garantida pela Constituição.


Kicis reiterou que a fiscalização das atividades públicas deve ser garantida pelo Parlamento e pela população, criticando a tentativa de restringir críticas às políticas governamentais através de decretos.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários