BRASIL: MINISTRO DO STF CHAMA MORAES DE “CENSOR-GERAL DA REPÚBLICA”

Na terça-feira (25 de junho de 2024), durante o julgamento sobre o porte pessoal de maconha no STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Dias Toffoli provocou ao chamar seu colega, Alexandre de Moraes, de "censor-geral da República". 

Confira detalhes no vídeo:


Toffoli, ao explicar seu voto e solicitar mais tempo para esclarecer seu posicionamento, destacou o contexto como um "novo entendimento" discutido recentemente. Em um momento de descontração na sessão, Toffoli brincou com Moraes, referindo-se à sua habitual deferência ao relator ou ao voto divergente nos debates. 

A troca de comentários entre os ministros revelou um clima informal, apesar da seriedade do tema em discussão. O episódio reflete a dinâmica e as interações entre os magistrados durante as sessões do Supremo, onde questões jurídicas complexas são debatidas com rigor e, por vezes, com um toque de humor.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários