BRASIL: PRESIDENTE DE PARTIDO DO CENTRÃO SE ENTREGA À PF

BRASIL: PARTIDO PROTOCOLA REPRESENTAÇÃO CONTRA MORAES POR ABUSO DE AUTORIDADE

O partido Novo protocolou uma representação na Procuradoria Geral da República contra o ministro Alexandre de Moraes, acusando-o de abuso de autoridade. A notícia-crime pede investigação sobre o suposto uso indevido de poder pelo ministro, que decretou a prisão preventiva de dois suspeitos de ameaçar sua família. 

Confira detalhes no vídeo:


Na representação, os membros do Novo argumentam que qualquer crime de ameaça, seja contra ministros do Supremo ou qualquer cidadão, deve ser investigado e punido conforme a lei. Eles também contestam a jurisdição de Moraes no caso, alegando que ele não tem competência para agir quando a vítima é um parente próximo.


A iniciativa do partido Novo alimenta o debate sobre o papel e os limites do poder judiciário, levantando questões sobre a imparcialidade e legalidade das ações dos ministros do Supremo Tribunal Federal. O desenrolar dessa representação pode ter implicações significativas para o entendimento e aplicação da lei no país.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários