BRASIL: PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL SE PRONUNCIA SOBRE SUPOSTO CONVITE PARA SER MINISTRO

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, refutou nesta quinta-feira (27) ter aceitado ou recebido convite para assumir o Ministério da Fazenda em um eventual governo de Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência em 2026. Campos Neto também descartou qualquer pretensão de ingressar na política ou concorrer a cargos eletivos.

Confira detalhes no vídeo:


O suposto convite teria sido feito durante um evento em São Paulo. Campos Neto explicou que sua participação em eventos com diferentes visões partidárias visa representar o Banco Central, ressaltando a importância de sua presença em tais ocasiões. Ele destacou que é comum presidentes de bancos centrais participarem de eventos que envolvem homenagens e reconhecimentos.


O posicionamento de Campos Neto busca esclarecer especulações sobre seu futuro político enquanto mantém o foco na condução das políticas monetárias e econômicas do país.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários