BRASIL: STF TOMA NOVA DECISÃO CONTROVERSA ENVOLVENDO PORTE DE MACONHA

Nesta quarta-feira (26), o Supremo Tribunal Federal (STF) deliberou uma nova medida que fixa em 40 gramas o limite máximo para porte de maconha, diferenciando assim usuários de traficantes. Esta decisão temporária permanecerá em vigor até que o Congresso Nacional estabeleça critérios definitivos sobre o assunto.

Confira detalhes no vídeo:


O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, defendeu a medida como um passo para reduzir a superlotação carcerária, enfatizando que o enfrentamento às drogas requer abordagens que não se limitem ao uso da força. A decisão do STF provocou reações divergentes, com críticas à percepção de flexibilização das leis antidrogas e preocupações sobre os impactos sociais e de saúde pública.


A questão promete gerar intenso debate legislativo e público, refletindo o desafio contínuo de encontrar um equilíbrio entre políticas de segurança pública e os direitos individuais dos cidadãos brasileiros.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários