BRASIL: MILEI PARTICIPA DE EVENTO LOTADO COM BOLSONARO


Durante o encerramento da Cpac em Balneário Camboriú (SC), o presidente argentino Javier Milei criticou o que chamou de "perseguição judicial" contra Jair Bolsonaro no Brasil, sem mencionar diretamente o presidente Lula. Milei alertou para o que considera um ataque à liberdade de expressão na América Latina, destacando que governos socialistas têm recorrido a práticas antidemocráticas para se manter no poder.

Confira detalhes no vídeo:


“O socialismo é terrível, os governos que resistem terminam sendo rechaçados pela sociedade ou violando a liberdade para se manter no poder", afirmou Milei, apontando exemplos como a Venezuela e a Bolívia. Ele destacou a situação do Brasil como um reflexo preocupante dessas tendências, enfatizando a importância de preservar os princípios democráticos na região.


As declarações de Milei ressaltam as tensões políticas e ideológicas crescentes na América Latina, alimentando debates sobre o futuro da governança e da liberdade democrática na região.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários