MUNDO: DE QUEM É O “FAVORITISMO” PARA SUBSTITUIR BIDEN NA CORRIDA PRESIDENCIAL

Kamala Harris, vice-presidente dos Estados Unidos, emerge como uma figura central nas discussões políticas para as eleições deste ano. Seu perfil progressista e histórico como a primeira mulher vice-presidente dos EUA despertam o apoio fervoroso dentro do Partido Democrata. Observadores destacam sua habilidade em mobilizar eleitores jovens e minoritários, prometendo uma campanha eleitoral dinâmica e inspiradora.

Confira detalhes no vídeo:


Contudo, sua ascensão não é vista com bons olhos pelos republicanos, que prefeririam enfrentar um adversário menos consolidado como Joe Biden. A estratégia republicana poderá se concentrar em destacar divergências dentro do partido democrata e questionar a liderança de Harris em temas críticos como imigração e segurança nacional. Essas táticas visam minar sua popularidade e facilitar um caminho para a reeleição de seus oponentes.


À medida que o cenário eleitoral se desenrola, Kamala Harris continua a ser uma figura polarizadora, capaz de influenciar significativamente o resultado das eleições presidenciais de 2024 nos Estados Unidos.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários