Brasil: especialista em Direito Processual explica ao vivo na CNN por que as acusações do relatório da CPI da Covid contra Bolsonaro são absurdas; assista


A procuradora da república e professora de Direito Processual Thaméa Danelon explicou ao vivo, em entrevista à CNN Brasil, por que as acusações presentes no relatório vazado da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 contra o presidente Jair Bolsonaro são juridicamente absurdas. Ela detalhou alguns dos principais pontos do documento e postou o seguinte vídeo do trecho em que fala sobre o assunto (legenda abaixo):


"Estou gostando muito de participar do quadro LIBERDADE DE OPINIÃO da CNN, e meu objetivo, como professora de Processo Penal, é tentar ensinar e esclarecer o principais pontos do Direito que despertam curiosidade dos brasileiros. Nesse trecho eu explico o CRIME COMISSIVO POR OMISSÃO, e também dou minha opinião sobre os supostos crimes de homicídio e genocídio que serão eventualmente atribuídos ao Presidente! Acompanhe!!!".


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários