BRASIL: TARCÍSIO DE FREITAS BATE MARTELO EM LEILÃO DA B3

Brasil: general escolhido para supervisionar urnas eletrônicas em 2022 defende que TSE e STF “regulem” conteúdo divulgado na internet


Na última sexta-feira (17) o general Fernando Azevedo e Silva, ex-ministro da Defesa do governo Bolsonaro, disse que o poder judiciário tem observado com atenção as notícias falsas. Na opinião do militar, a internet e as redes sociais mudaram a imprensa e “o perfil das eleições”. 

A declaração de Fernando Azevedo aconteceu numa live promovida pelo Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa. “O TSE e o STF estão debruçados nisso, para fazer uma regulamentação nessa questão das fake news”, disse. 

O general também comentou sobre as urnas eletrônicas. “Já não se discute mais o instrumento a ser utilizado no ano que vem. Vai ser ela que vai conduzir a eleição. Não tem de se discutir mais”, afirmou. 

A convite dos ministros Alexandre de Moraes e Luiz Edson Fachin, Fernando Azevedo vai ocupar a diretoria-geral do TSE, sendo responsável pelo departamento que cuida das urnas eletrônicas, por exemplo.


Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários