BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

BRASIL: ANDERSON TORRES RESPONDE SOBRE SUPOSTO “PLANO” PARA ATRAPALHAR VOTAÇÃO NO NORDESTE


No âmbito do depoimento prestado à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) relacionada ao 8 de Janeiro, o ex-ministro da Justiça, Anderson Torres, refutou veementemente qualquer alegação de interferência no trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante as eleições de 2022.

Confira detalhes no vídeo:


O depoimento de Torres diante da CPMI focou na abordagem das atividades da PRF durante o período eleitoral. Ele rejeitou categoricamente as acusações de que houve influência externa na atuação da PRF, buscando esclarecer as circunstâncias e assegurando a integridade do processo eleitoral.

As declarações do ex-ministro repercutem significativamente no cenário político e nas investigações sobre os acontecimentos do 8 de Janeiro. A CPMI continua seu trabalho para esclarecer os eventos e traçar um panorama completo dos acontecimentos que marcaram essa data crucial.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários