BRASIL: AVIÃO FAZ POUSO SURPREENDENTE EM RODOVIA DE SP

BRASIL: EX-DIRETOR DA ABIN DENUNCIA QUE EX-MINISTRO DE BOLSONARO FOI PRESO POR "PERSEGUIÇÃO POLÍTICA" E FAZ ALERTA EM CPMI


O deputado Delegado Ramagem (PL-RJ) lançou declarações contundentes durante sua participação na CPI do 8 de Janeiro. Ele alegou que a prisão do ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, foi motivada por perseguição política e alertou que o país está "caminhando para a ditadura".

Confira detalhes no vídeo:

Ramagem ressaltou que Torres foi detido devido a seu papel como secretário de Segurança distrital e ex-ministro de Estado no governo Bolsonaro, sem haver qualquer conhecimento ou evidência de irregularidades. O deputado descreveu a situação como um exemplo da triste realidade em que o país se encontra, apontando para um viés autoritário que, segundo ele, conduz ao emprego de censura e à perseguição da oposição.

As declarações de Delegado Ramagem expõem as tensões e a polarização na arena política, ressaltando as preocupações sobre as práticas democráticas e os direitos civis no cenário atual.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários