BRASIL: STF FORMA MAIORIA PARA NOVO ENTENDIMENTO SOBRE FORO PRIVILEGIADO

BRASIL: FLAVIO BOLSONARO EXPÕE GRAVE SUSPEITA ENVOLVENDO LULA E DINO EM 8 DE JANEIRO

Na sessão da CPMI do 8 de janeiro, o senador Flávio Bolsonaro questionou a disparidade de tratamento entre Anderson Torres, ex-ministro, e autoridades ligadas ao governo Lula, responsáveis pela segurança dos prédios dos três Poderes.

Confira mais detalhes no vídeo:

Bolsonaro mencionou a proibição de comunicação imposta a Torres pelo STF e enfatizou seu respeito à decisão, apesar da discordância. O senador destacou a dificuldade de compreender o sofrimento de quem é injustamente preso, contrastando com os que assumem suas responsabilidades.

Comparando as ações de Flávio Dino e Lula com os eventos de 8 de janeiro, Bolsonaro apontou suspeitas de que eles tivessem conhecimento prévio, ao contrário das circunstâncias de Torres. Ele também rebateu acusações sobre uma "minuta do golpe", indicando que o documento já estava disponível online. O senador resumiu que as acusações contra Torres perderam substância diante dos fatos reais. Sua intervenção evidenciou as discrepâncias no tratamento dado a Torres e a outros envolvidos.


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários