BRASIL: STF FORMA MAIORIA PARA NOVO ENTENDIMENTO SOBRE FORO PRIVILEGIADO

BRASIL: PROJETO DE LEI PREPARA PROIBIÇÃO DO PORTE DE ARMAS PARA PMs EM DIVERSAS SITUAÇÕES

O avanço do projeto de lei proposto pelo deputado Tiago Auricchio em São Paulo busca proibir a entrada de policiais de folga armados em bares, restaurantes e casas noturnas. A iniciativa visa restringir o acesso de clientes portando armas de fogo em estabelecimentos que servem bebidas alcoólicas. O projeto também propõe ampliar essa restrição aos agentes de segurança que estejam fora de serviço.

Confira detalhes no vídeo:



De acordo com o texto, os estabelecimentos teriam autonomia para impedir a entrada de pessoas armadas, incluindo policiais de folga. Atualmente, o estatuto do desarmamento permite que policiais possam portar armas mesmo fora de serviço e em locais com grande aglomeração.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Tiago Auricchio enfatizou que a proposta é resultado de demandas da população e do setor.  A proposta tem gerado debates a respeito da segurança pública, suscitando discussões sobre o equilíbrio entre medidas de proteção e limitações.

Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp! Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários

  1. Acho interessante o empenho em retirar o direito das pessoas de bem, mas para combater os verdadeiros MARGINAIS terroristas que afrontam a sociedade com armas de guerra, ninguém tem tanto empenho. O policial tem paradeiro, se cometer crime responderá por isso. E o marginal, o comércio também vi impedir sua entrada armado? Só rindo. Brasil ladeira abaixo enquanto os marginais fazem a festa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.