BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

BRASIL: MINISTRO DE LULA CEDE E ARTICULA “ACORDO” COM O CONGRESSO EM PAUTA INCÔMODA A LULA

O ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, anunciou a disposição do governo em negociar a desoneração da folha de pagamentos, mesmo após o Congresso Nacional ter tomado duas decisões contrárias. Diante da insatisfação no Congresso, o Palácio do Planalto considera essencial o diálogo e o presidente Lula planeja se reunir com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, ainda esta semana para discutir o assunto.

Confira detalhes no vídeo:



A medida provisória que determinou a reoneração gerou críticas pela sua forma de encaminhamento, especialmente por começar a valer imediatamente. Padilha não descarta a possibilidade de encaminhar um projeto de lei sobre o mesmo tema ao Congresso Nacional, mas ressalta que isso dependerá das negociações em andamento.

O governo está aberto a conversar e busca garantir a aprovação do tema o mais rápido possível, buscando o apoio tanto do Senado quanto da Câmara dos Deputados. O presidente Lula convidou o presidente da Câmara, Arthur Lira, para um encontro no Palácio do Planalto, após a posse do novo ministro do Supremo Tribunal Federal, Flávio Dino.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários