BRASIL: SENADOR IZALCI ANALISA ANDAMENTO DA PEC DAS DROGAS

BRASIL: SENADORES DA BASE DE LULA SURPREENDEM E VOTAM A FAVOR DE PROJETO DE FLÁVIO BOLSONARO

O Senado aprovou por uma larga margem de votos, 62 a 2, o projeto de lei que encerra a saída temporária de presos em regime aberto durante datas comemorativas. A votação, considerada uma derrota para o governo, teve forte apoio da base aliada, com apenas dois votos contrários. O projeto agora retorna à Câmara dos Deputados para revisão, mas o presidente Lula já indicou que, se aprovado, vetará a medida, desencadeando um possível confronto entre os poderes.

Confira detalhes no vídeo:



A discussão sobre a saída temporária para detentos em regime semiaberto trouxe à tona debates sobre segurança pública e política penal no Brasil. Embora a medida seja vista como uma resposta às preocupações com a segurança, alguns questionam sua eficácia diante dos desafios estruturais do sistema penitenciário brasileiro, incluindo a falta de investimento em investigação e combate ao crime organizado.

Enquanto alguns defendem a revogação da saída temporária como uma medida necessária para a segurança pública, outros expressam preocupação com a possibilidade de agitação nos presídios e questionam a eficácia da medida diante dos problemas estruturais do sistema penal brasileiro. O debate sobre a política penal e a segurança pública continua a ser um tema central na agenda política do país.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários