BRASIL: PGR DENUNCIA CARLA ZAMBELLI POR “INVASÃO”

VÍDEO: LULA É CONFRONTADO EM ENTREVISTA SOBRE EXPULSÃO DE FUNCIONÁRIOS DA ONU FEITA POR MADURO


O presidente Lula expressou sua falta de conhecimento sobre os acontecimentos na Venezuela diante da expulsão de funcionários da ONU ordenada pelo regime de Nicolás Maduro. 

Maduro estabeleceu um prazo de 72 horas para que os representantes do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos deixem o país. Essa ação foi duramente criticada e repudiada por países como Argentina, Costa Rica, Equador, Paraguai e Uruguai, que emitiram um comunicado conjunto. 

A expulsão dos funcionários da ONU suscita preocupações sobre o respeito aos direitos humanos na Venezuela e intensifica as tensões políticas e diplomáticas na região. Enquanto isso, a comunidade internacional monitora de perto os desdobramentos dessa situação delicada.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários