BRASIL: MST INVADE ÁREA DO GOVERNO FEDERAL

BRASIL: SEM CITAR MORAES, CÁRMEN LÚCIA REBATE COLEGA NO STF

Na quarta-feira (28 de fevereiro de 2024), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu por 7 votos a 4 que é imperativo revisar a metodologia atual de distribuição das chamadas "sobras eleitorais". Essa revisão envolve o cálculo dos votos no sistema proporcional para determinar se um candidato é eleito. 

Confira detalhes no vídeo:



A decisão foi tomada em meio a controvérsias sobre a constitucionalidade do método atual. Apesar da maioria dos ministros do TSE terem votado pela inconstitucionalidade da regra vigente, houve divergências. 

Enquanto o ministro afirmou que todos que votaram dessa forma reconhecem que os 7 congressistas beneficiados não foram eleitos, uma magistrada destacou que não votou nessa linha de pensamento, ressaltando as nuances e divergências presentes na decisão do tribunal. O debate sobre a distribuição das sobras eleitorais permanece relevante diante das discussões sobre a eficácia e justiça do sistema proporcional.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários

  1. Digníssima Ministra Carmen Lúcia, não adianta vocês URUBUS DA TOGA espernear contra nós cidadãos, de que não houve fraude na eleição, sim houve esse STÉ e STF MAQUIARAM o SISTEMA ELETRÔNICO para colocar o ladrão descondenado, á minha dúvida é imaginar que vão fazer o mesmo do que fizeram em 2022, com a intenção de eleger o maior numeros de prefeitos nas capitais e cidade de grande porte colocando só prefeito do partido das trevas e coligação do PT, jamais esse LULA ganharia a eleição, hoje quém se candidatar pelo partido das treva não ganhará a eleição, mais com a capacidade que vocês têm para fraudar o SISTEMA, vocês e capaz de eleger só pessoa do Partido das Trevas, para fortalecer o bandido descondenado, não dúvida que essa quadrilha do STF é STE são capaz, e quem falar desse fato vai ser perseguido pelo o cabeça de ovo(Alexandre o DITADOR). Más já tou mostrando na minha plataforma, não tenho medo dessa quadrilha.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Cadastre seu e-mail na barra "seguir" para que você possa receber nossos artigos em sua caixa de entrada e nos acompanhe nas redes sociais.