BRASIL: EXCESSO DE CHUVAS EM SC CAUSA ALAGAMENTOS E APREENSÃO

VÍDEO: O QUE FALTOU PARA PREVENIR O DESASTRE NO RS

O especialista em mudanças climáticas e desastres naturais, Pedro Ivo Camarinha, do Cemaden, foi entrevistado pelo Jornal da Manhã, abordando a prevenção de tragédias como as recentes no Rio Grande do Sul, decorrentes das intensas chuvas. Camarinha salientou a importância da análise climática e do monitoramento constante das condições meteorológicas para antecipar e se preparar para eventos extremos.


Durante a entrevista, ele detalhou que a prevenção de desastres engloba atividades como identificar áreas de risco, vigiar barragens e elaborar planos de evacuação. Também enfatizou a necessidade de investir em infraestrutura resiliente e em educação para conscientizar a população sobre os perigos e as medidas preventivas necessárias.


Para Camarinha, a prevenção de desastres é uma responsabilidade conjunta de governos, comunidades e instituições científicas. Ele destacou que a colaboração e a coordenação entre esses setores são cruciais para reduzir os impactos de eventos extremos.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários