BRASIL: MORO EXPÕE PROBLEMA ABSURDO DO GOVERNO LULA

BRASIL: MEDIDA CONTROVERSA DE LULA A PRETEXTO DE LIDAR COM TRAGÉDIA NO RS CUSTARÁ BILHÕES AOS COFRES PÚBLICOS

Nesta semana, o governo brasileiro anunciou o primeiro leilão de compra de arroz, uma medida destinada a estabilizar os preços e garantir o abastecimento nacional. A comentarista do setor agrícola, Kellen Severo, destacou que a importação custará aos cofres públicos, visando estabelecer um preço de venda de R$ 4 por quilo.

Confira detalhes no vídeo:


A intervenção governamental visa controlar os preços no curto prazo, mas especialistas alertam para os desafios do ciclo econômico e os impactos nas decisões dos produtores. Com um volume de importação de aproximadamente 140.000 toneladas, em contraste com a safra total de 105 milhões de toneladas estimada pela Conab para 2023/2024, questiona-se a eficácia dessa política para influenciar o equilíbrio de mercado.

O presidente Jair Bolsonaro mencionou a possibilidade de importar um milhão de toneladas de arroz, enquanto a medida atual foca em uma fração que pode não ser significativa diante da produção total. A discussão sobre a eficácia e as consequências dessa intervenção no setor agrícola continua em pauta.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários