BRASIL: MINISTRO DO STF EXIGE “RELATÓRIO” DO GOVERNO TARCÍSIO

A decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), de determinar que o governo de São Paulo siga as diretrizes do Ministério da Justiça e Segurança Pública quanto ao uso de câmeras corporais pela Polícia Militar está gerando críticas e repercussão negativa. 

Confira detalhes  no vídeo:


Barroso também exigiu que o governo estadual preste contas ao STF sobre a eficácia dos novos dispositivos. Essa medida é uma resposta a uma ação movida pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo, que questiona o edital para a compra de 12 mil câmeras, levantando preocupações sobre possíveis retrocessos na proteção dos direitos individuais.

A determinação do ministro Barroso destaca a tensão entre o poder judiciário e o governo estadual em relação às políticas de segurança pública. 

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários