BRASIL: ESTUDANTE SURPREENDE E COBRA LULA FRENTE A FRENTE EM PÚBLICO

Na sexta-feira (6 de julho de 2024), a estudante de Direito Jamilly Fernandes Assis fez um pronunciamento público cobrando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por obras incompletas na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), campus de Quitaúna. Durante a inauguração do novo campus em Osasco (SP), Jamilly expressou sua frustração após 14 anos de espera, destacando que apenas metade das obras foi concluída.

Confira detalhes no vídeo:


"Ainda não presenciamos a inauguração completa da Unifesp Quitaúna", afirmou Jamilly, ressaltando a necessidade de mais melhorias. Ela enfatizou que a universidade ainda enfrenta desafios significativos em termos de inclusão e condições adequadas para os estudantes.


As palavras de Jamilly refletem a persistência dos problemas estruturais nas instituições de ensino superior brasileiras e a demanda contínua por investimentos para garantir um ambiente educacional digno e acessível a todos os estudantes.

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários