BRASIL: MINISTRO DE LULA FALA EM CRIAR COTAS PARA “TRANS”

Paraíba: em entrevista, deputado Cabo Gilberto afirma ser contra Fundo Eleitoral, com dinheiro público, mas volta atrás e admite que usará novamente


No programa Conexão Master da última segunda-feira (19), que contou com a presença dos deputados estaduais Cabo Gilberto (PSL) e Anísio Maia (PT), foram discutidas algumas das questões políticas mais repercutidas no Brasil e na Paraíba nas últimas semanas. Uma delas foi o financiamento de campanhas eleitorais com dinheiro público, que ocorre por meio do Fundo Eleitoral e do Fundo Partidário, que foi triplicado na proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias pelo Congresso Nacional recentemente, mas deve ser vetado pelo presidente Jair Bolsonaro. Quando perguntei o posicionamento de ambos os parlamentares sobre a pauta, se são contra ou a favor, Gilberto afirmou que é "totalmente contra o Fundo Eleitoral" e "contra o aumento (proposto pelo Congresso para o Fundo Partidário)", mas, de acordo com os dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele fez uso do Fundo Eleitoral na campanha de 2018, que o elegeu.


Diante disso, perguntei por que ele não abriu mão do Fundo Eleitoral em 2018 e se pretende renunciá-lo na próxima eleição que venha a disputar. Na resposta, ele voltou atrás e disse que apenas é contra o aumento do Fundo Partidário, mas que com certeza usará novamente qualquer tipo de financiamento de campanha com dinheiro público na próxima eleição. Confira o trecho:


Clique aqui para ver os melhores momentos da entrevista com os parlamentares.


Clique aqui e confira as novas camisas personalizadas do blog Pensando Direita!

Clique aqui para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).  

Comentários