Brasil: relator da PEC do voto auditável desiste da função e dá lugar a outro parlamentar


O novo relator da Proposta de Emenda Constitucional do voto auditável em comissão especial, após a rejeição, por 23 votos a 11, do relatório inicial, encabeçado pelo deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), Júnior Mano (PL-CE), desistiu da função diante das pressões populares e políticas em torno do tema, dando lugar ao colega Raul Henry (MDB-PE), que é contrário ao atual texto da PEC por, segundo ele, dar mais margem para fraudes. A proposta do voto auditável será votada no plenário da Câmara por decisão do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), tomada ontem (06).


Aviso: nós do blog Pensando Direita estamos sendo perseguidos por políticos e seus assessores nos grupos de WhatsApp!  Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Comentários