BRASIL: MINISTRO DE LULA FALA EM CRIAR COTAS PARA “TRANS”

VÍDEO: DESEMBARGADOR SEBASTIÃO COELHO FAZ APELO A PARLAMENTARES POR REAÇÃO À TIRANIA

O desembargador aposentado Sebastião Coelho utilizou as redes sociais para expressar sua preocupação em relação à recente ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou a invasão da residência e do gabinete do líder da oposição na Câmara, deputado Carlos Jordy. Coelho classificou a ação como abusiva, arbitrária e inconstitucional, destacando que vivemos um estado de exceção e uma suposta ditadura instaurada pelo poder judiciário.

O jurista apontou que o líder da oposição foi escolhido como alvo com o objetivo de criar uma situação que justificasse a alegada competência do STF para julgar as mais de 2 mil pessoas sem foro privilegiado presas a mando de Moraes. Coelho enfatizou a incompetência do tribunal para tal julgamento e sugeriu que a medida visa fornecer argumentos para consolidar a posição do STF. 

Diante desses acontecimentos, o desembargador conclamou os deputados a reagirem, alegando que o que está sendo feito com o povo brasileiro é uma covardia, afirmando: "Chega!"

Garanta acesso ao nosso conteúdo clicando aqui, para entrar no grupo do WhatsApp onde você receberá todas as nossas matérias, notícias e artigos em primeira mão (apenas ADMs enviam mensagens).

Clique aqui para ter acesso ao livro O Brasil e a pandemia de absurdos, escrito por juristas, economistas, jornalistas e profissionais da saúde conservadores sobre os absurdos praticados durante a pandemia de Covid-19, como tiranias, campanhas anticientíficas, atos de corrupção, inconstitucionalidades por notáveis autoridades, fraudes e muito mais.

Comentários